domingo, 1 de fevereiro de 2009

Viver pela fé

Ouço muitas vezes dizer que há um certo grupo de pessoas que vive pela fé.

Mas não vivemos todos? Quem é que tem garantido o seu ordenado? Quem é que não vive pela fé?
Um músico vive como? Pela fé!
Um prestador de serviços vive como? Só pode ser pela fé!
E tu? E eu? Vivemos como? Deus nos ajude, a continuar a viver pela fé

7 comentários:

filipe lacerda disse...

Ya... mas mesmo assim acho que a abundância que temos, e o facto de estarmos tão protegidos do risco de fome ou ficar sem roupas e sem tecto, dá-nos um falso sentido de auto-suficiência que transforma a nossa fé em Deus numa fé nos nossos recursos pessoais (sejam eles know-how técnico, relacionamentos pessoais ou bens com valor financeiro).

Viver pela fé para nós acho que é um bocado diferente de viver pela fé para uma pessoa que vive da terra, no meio de África e cuja subsistência depende das condições climatéricas e da benevolência de caciques locais.

Acho que é difícil exercitar a fé na provisão de Deus quando é fácil eliminar o risco nas nossas vidas.

No meio de todos as tragédias associadas à crise económica de 2007-2011 acho que nós ocidentais temos a oportunidade de (re)aprender a viver pela fé.

Nuno Fonseca disse...

Propes, Calaim.

Apesar da diluição semântica da palavra 'fé' no uso comum, não devemos esquecer que, etimologicamente, e - mais ainda - biblicamente, esse termo denomina a 'fidelidade' do homem a Deus. Assim, sim, podemos afirmar que o justo vive pela fé: obedece lealmente ao Senhor. E isto é igual para o ocidental e para o africano, incluindo o pobre (aqui, sim, há que fazer a distinção).

Não confundamos este dom do Espírito Santo com a 'fezada' até muito 'evangélica'. Isto aproxima-nos muito de 'O Segredo' e dista-nos do Evangelho.

Deus te abençoe.

§

SOLI DEO GLORIA

Anônimo disse...

és 1 cinico e mentiroso

Anônimo disse...

gostas muito de provocar,´
tens muita mania porque nunca passaste fome,
o teu mal é abundancia a mais,

olha para o teu redor e percebe q n és o centro das atencoes, deixa de usar isto como mais um veiculo para atingires os outros,

essa conversa n lembra ninguem, deixa-te de inventar e vai mas é ler a biblia, podias usar este blog para levares o evangelho aos outros,
mas preferes usar isto para atingires negativamente os teus irmaos, deixa-te de cinismos msquinhos e ve se cresces, afinal ja atingiste a idade adulta, mas no fundo continuas uma criançinha egoista e que acha q tem o rei na barriga, pára com isso por favor.

nao uses isto para mandar bocas a outros... podias aproveitar para
reflectir nos teus actos e pensar no cristianismo,

achas que vives pela fé, com atitudes como esta és capaz de conseguir destruir a fé dos mais "pequenos"...

faço 1 apelo à tua capacidade de autocritica e autoreflexão

analisedasemana disse...

Filipe - Sem dúvida que o local onde vivemos influencia-nos, mas acima de tudo o que possuimos nos influencia mais...
Mas, não achas que uma pessoa pode ter pouco e não viver pela fé? E uma pessoa pode ter imenso, e viver pela fé?

Nuno - aqui o estava a falar era não sobre viver pela fé, como em Romanos Paulo explica tão bem, mas sim, o "viver pela fé" que muitos pastores, missionários ou obreiros falam. Ontem falava com um pastor de Setúbal, o Mirandinha e ele dizia-me isso mesmo. Ele agr trabalha, todos os dias das 6h às 14h e é partor também, e não sabe o que é viver pela fé.. Se é na igreja ou no trabalho. Não sabe qual dos dois está garantido.. Ou melhor nenhum rendimento ou ordenado é garantido - dizia-me ele...

Anónimo - Desculpa mas anonimamente, é complicado uma resposta. Como vejo no teu discurso és cristão, com algum conhecimento bíblico porém acho que não me conheces, nem pouco nem muito. Estou disponível para conversar e poder crescer contigo.

Nuno Fonseca disse...

Anónimo,

Como podes chamar à reverência pelo Evangelho através de insultos e calúnias? Se lesses o mesmo Evangelho a cuja leitura instigas, saberias que tal é pecado. Mas é óbvio que não conheces a Palavra da reconciliação. Quem odeia o seu irmão mente quando diz que ama ao Pai.

Nem integridade tens para mostrares um nome. Ao menos Himeneu e Alexandre se identificaram para serem respondidos nas suas apostasias.

§

SOLI DEO GLORIA

filipe lacerda disse...

é claro que é possível ser pobre e não viver pela fé. Caso não fosse, Jesus teria acrescentado uma alínea: "caso sejas pobre não te preocupes porque isto para ti é inato.". e é possível viver desafogado e pela fé. abraão vivia desafogado e pela fé.

O que eu queria dizer com a diferença de viver pela fé entre pessoas desafogadas e pobres é que me parece mais difícil ter fé na provisão de Deus quando te sentes quase imune ao risco de pobreza do que quando a fome e o frio te visitam todos os dias. foi isso que Jesus quis dizer quando comparou a entrada dos ricos no reino dos céus à passagem do camelo pelo buraco da agulha...